Diálogos de Segurança

Apesar de prioridade, o tema da segurança é frequentemente esquecido das conversas diárias ou semanais das equipas. As urgências concorrem pelo tempo e atenção das pessoas. Em muitas situações o tema da Segurança só é prioritário após acidentes de trabalho. Esta forma de estar reativa é desadequada ao objetivo “zero acidentes”. As empresas que ambicionam a excelência em matéria de prevenção no trabalho têm a necessidade de criar uma rotina, que assegure que sistematicamente o tema da segurança é conversado.

A rotina Diálogos de Segurança é dirigida a líderes de equipas, nomeadamente chefias diretas de operacionais. O objetivo é simples: existir um momento em que se converse sobre segurança.

Um aspeto critico para o sucesso desta ferramenta é a definição de um dia e hora. Propomos que semanalmente, sempre no mesmo dia e à mesma hora, seja realizado um Diálogo de Segurança. O líder reúne a equipa e conversa 5 minutos sobre segurança. O tema em cada diálogo é previamente enviado pelo departamento de segurança e é comum em toda a fábrica. Importa ter em conta que os líderes não são especialistas em segurança. Assim, é necessário a existência deste mecanismo (ficha de diálogo) para apoiar cada líder na condução da sua equipa.

LTM apoia as organizações através da disponibilização de mais de 50 fichas de diálogos de segurança.

DESCARREGUE UMA FICHA DE DIÁLOGO DE SEGURANÇA.

As vantagens desta iniciativa são:

  • Criação de um canal efetivo de comunicação com todos os trabalhadores, sobre segurança (qualquer nova medida ou alteração, passa a poder ser comunicada a todos, no prazo máximo de 1 semana);
  • Aumento do conhecimento de segurança no trabalho dos colaboradores;
  • Envolvimento (comprometimento) das chefias diretas, sendo estas responsáveis pela liderança do diálogo.

Assista a um exemplo de diálogo de segurança em vídeo:

ASSISTA A OUTRO DIÁLOGO DE SEGURANÇA

Pretende-se com esta iniciativa promover a participação ativa do grupo, colocar todos os colaboradores a partilhar a sua opinião sobre a temática, facilitando a comunicação.
Esta conversa deverá fazer parte da rotina, até que se torne um HÁBITO falar de Segurança.

Veja AQUI as soluções de diálogos de segurança que temos para empresas 

 

Diálogos de Segurança – Contexto organizacional:

Normalmente quando se aborda o tema segurança, em contexto empresarial, o principal objetivo é corrigir um problema de segurança. Estamos a reagir a um problema, tentando que não se volte a repetir. A comunicação é unilateral, porque a verdade é que os diálogos não são férteis após a existência de problemas.
A rotina Diálogos de Segurança pretende mudar o paradigma. Assegurar que a Segurança no Trabalho e Prevenção são temas frequentes.
Pergunte a uma das chefias da sua organização quando foi a última vez que conversou sobre Segurança no Trabalho com a sua equipa. Mas seja exigente. Peça mesmo para que seja identificado um momento concreto. Se a resposta for “não me lembro”, é o momento de implementar os Diálogos de Segurança.

Diálogos de Segurança – Como é realizado:

Sempre que possível deve ser incorporado numa reunião já existente, reduzindo o esforço organizacional de implementação. O objetivo desta iniciativa é promover diálogos sobre segurança (5 a 10 minutos). A chefia direta tem o dever de convocar a sua equipa e, com periodicidade semanal, implementar a dinâmica.
Para orientar os diálogos de segurança, o departamento de segurança envia previamente o tema da semana seguinte. Disponibilizando Fichas de Diálogo pré elaboradas por LTM para orientar as conversas, ou fichas de diálogo sobre temas desenvolvidos de forma corrente.

Voltar para o blogue

Deixe um comentário

Tenha em atenção que os comentários necessitam de ser aprovados antes de serem publicados.

Poderá ter interesse em...